Lula: “A cultura vai ajudar a construir um país mais democrático” 

Vale sempre lembrar as declarações de Lula sobre a Cultura, este que é um dos setores mais pelos fascistas, pela extrema-direita. A Cultura deve ser valorizada por ser essencial na construção de um país mais democrático. Foi o que defendeu Lula durante a entrevista coletiva que concedeu a veículos independentes

“Eles têm tanto medo de cultura que acabaram com o ministério”, lembrou o ex-presidente, referindo-se ao fato de Bolsonaro ter extinto a pasta e a transformado em secretaria ligada ao MInistério do Turismo. Logo em seguida, deixou claro que, caso venha a se candidatar e seja eleito, vai tratar o setor como uma das prioridades. 

“Eu vou fazer uma conferência de cultura e vou criar um comitê de cultura. Não vai ser só um ministro da Cultura, não, vai ser comitê de cultura. Para a gente dizer para eles que a cultura vai ajudar a construir um país mais democrático. Então, quem tiver medo de cultura que se prepare porque a cultura vai funcionar mais forte no próximo governo”, completou.

É comum ver Lula ressaltando a importância da cultura para o país. No ano passado, por exemplo, em encontro com artistas no Rio de Janeiro, o ex-presidente lembrou que o setor gera riquezas e, ao mesmo tempo, emancipa a população.

“É preciso que vocês ajudem a reconstruir este país. É preciso que a gente veja a cultura como uma indústria de produzir cultura e riqueza neste país. A gente não pode achar que colocar dinheiro na cultura é gasto. Porque é a maldita mania: tudo que se dá pro rico é investimento, tudo que se dá pro pobre é gasto. Tudo que se dá pro rico é investimento, tudo que se dá pra educação é gasto. Mas quanto mais investirmos na cultura, mais ajudaremos o povo a defender seus direitos e a fazer uma revolução democrática e pacífica”, afirmou na ocasião.

“Proposta animadora”, diz Márcio Tavares

Para o secretário nacional de Cultura do Partido dos Trabalhadores, Márcio Tavares, a fala de Lula na quarta-feira é “um alento para um setor que sofreu tanto com o esvaziamento das políticas culturais e com a perseguição de Bolsonaro e dos bolsonaristas”. 

“Importante Lula ter se comprometido com a recriação do MinC, instituição fundamental para a retomada das políticas culturais e do investimento em cultura. E é animadora a proposta do comitê de cultura, que certamente será um enlace entre governo e comunidade cultural fundamental”, avalia Tavares. 

“Os compromissos de Lula com o setor vão se materializar no programa a ser construído para governar, que certamente incluirá a reversão de tudo o que de ruim foi feito nesse governo e ousadas iniciativas para a retomada da produção cultural no país, com políticas adequadas e com a valorização da nossa diversidade”, completa o secretário.

Da Redação PT (Foto de Ricardo Stuckert)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s