Leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2 vão beneficiar 5 milhões de trabalhadores

*Por Francis Ivanovich:

Hoje, 22 de fevereiro de 2022, poderá ser uma data histórica para a Cultura no Brasil, já que cerca de 5 milhões de trabalhadores do setor podem ser beneficiados com a aprovação da Lei Paulo Gustavo, o que injetará de forma emergencial no setor cerca de 4 bilhões de reais, oriundos do Fundo Nacional de Cultura. A Aldir Blanc 2 (PL 1.518/21), ainda está sem previsão de data para aprovação.

A Lei Paulo Gustavo (PLP 73/2021) de apoio à cultura, foi proposta pelos senadores do PT, e tem como um dos autores o líder do PT no Senado, Paulo Rocha (PA) que espera que a lei seja aprovada.

Nós os trabalhadores da Cultura estamos sofrendo desde 2020, início da pandemia, somado ao desprezo e ódio do atual governo federal que enxerga em nossa categoria uma gente incontrolável e opositora ideológica ao seu projeto conservador e fascista. E somos!

A aprovação das leis possibilitará que os recursos sejam repassados da União para os estados e municípios, chegando aos trabalhadores culturais por meio de chamadas públicas, editais, a exemplo do que ocorreu com a Lei Aldir Blanc 1, em 2021.

Os trabalhadores da Cultura são, talvez, os que mais têm sofrido com este desgoverno. Não é por acaso que ele tenta de todas as formas barrar a aprovação. As investidas contra nossa categoria são inúmeras, que só visam prejudicar, como a recente intervenção na Lei Rouanet, coordenadas por uma secretaria de cultura inexistente.

Somente nós, os trabalhadores da Cultura, sabemos o quanto tem sido difícil nossas vidas e como sobreviver do nosso trabalho é tarefa quase impossível na Pátria Amada atual. Somos resistentes e iremos resistir sempre.

E nossa resistência tem nome: Lula.

Vamos remover de Brasília, através do voto, o pior governo da história. Não será tarefa fácil, mas venceremos. Temos consciência de que o novo governo petista terá muitos desafios pela frente, já que herdará um país destruído em praticamente todas as áreas. A Cultura, por exemplo, nunca foi tão seriamente atingida, igual ou até mais do que no tempo da Ditadura.

O que nos dá esperanças é que sabemos que poderemos contar com Lula, amigo fiel dos trabalhadores da Cultura, pois ele sabe o seu valor e como ela é importante para a formação de toda a classe trabalhadora.

Dias melhores virão. Certamente teremos uma Cultura valorizada, com liberdade e melhores condições de trabalho. Poderemos fazer o que mais amamos, Cultura.

Aprova Leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2, Já!

*Francis Ivanovich é jornalista, autor, diretor de teatro e cinema, criador do prêmio de dramaturgia Flávio Migliaccio e integrante do Núcleo Saravá Cultural.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s