Saravá Literário é sucesso e se revela ato de resistência contra apagão cultural

O primeiro Saravá Literário ocorreu no último sábado, dia 13 de agosto, no Saravá Prainha, e se revelou um autêntico evento de resistência em tempos de apagão cultural sob o regime fascista tupiniquim.

Organizado de maneira independente pelo Núcleo Saravá Cultural, teve como destaques o lançamento do HQ Lula da perseguição a esperança, exposição e comércio de livros em parceria com a Agência de Notícias da Favela – ANF, Editoras Funilaria, Folha Seca, o Armazém do Campo – MST, e o Sebo da Prainha, além de ter promovido recital de poesia e apresentação de obras e projetos.

Grafite do artista Ment agora ilustra a fachada do Saravá Parinha que foi bem movimentado no sábado, 13 de agosto.

O acontecimento cultural resistente foi a semente de um evento que tem tudo para evoluir, e ir de encontro aos anseios de autores, autoras e produtores culturais da periferia dedicados ao mundo do livro, avalia a organização que já articula o segundo Saravá Literário.

Livros, HQ Lula, muita cultura e poesia, os destaques do Saravá Literário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s